sexta-feira, 4 de julho de 2003

Dificil

É difícil, dá para perceber.
É difícil viver, é difícil nascer.
Porque o não há-de ser sobreviver.

É difícil sentir e não poder dar,
Amar e não poder partilhar
Querer e não conseguir alcançar.

É difícil, pois é,
Doer e ter de se manter em pé,
Acreditar e quase perder a fé.

É difícil concerteza.
Desejar calor e sentir frieza.
Ansiar alegria onde vive a tristeza.

É difícil, também crês,
Quando queres, não me vês,
Sermos dois mas haver sempre três.
Reacções:

0 comentários: