quinta-feira, 17 de julho de 2003

Inevitavel

Desejo-te...
Desejo sentir o teu rosto no meu,
A tua pele colada á minha,
Desejo...
Desejo abraçar-te e não te deixar ir,
E perdido na solidão que me consome,
Achar-me um dia.Anseio tocar o teu corpo,
Quente e suave...
Cheirar...
Cheirar o teu aroma,
Fresco e calmante...
Lembrar-me...
Lembrar-me de um dia especial,
Que me reconforte algum dia.
Anseio por ti,
É inevitável...
Inevitável deixar de me encontrar,
Num ser que tem tanto para dar!
Reacções:

0 comentários: