Debaixo dos Céus Os Mundos de Manuel Amaro Mendonça

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Nova antologia Sui Generis - Bendita Manjedoura



Mais uma participação em antologias. Desta vez sob o tema do Natal, foi incluído um conto inédito "O Natal de Miriam".

De: SUI GENERIS
Date: sábado, 12/10/2019 à(s) 12:12
Subject: BEN 007 - Manuel Amaro Mendonça - 1 Texto
To: Manuel Amaro Mendonça


Bom dia, Manuel Amaro Mendonça.

Obrigado pela submissão do seu texto com o título
O NATAL DE MIRIAM

à antologia «BENDITA MANJEDOURA!».

Recebemos o seu ficheiro em perfeitas condições.
O envio de qualquer texto para este projecto literário pressupõe conhecimento e aceitação de todos os pontos do Regulamento, que se encontra disponível neste endereço:


Se ainda tiver alguma dúvida, faça o favor de esclarecê-la. Estamos disponíveis para responder a qualquer questão.

Todos os textos recepcionados neste email serão submetidos ao processo de selecção para a antologia «BENDITA MANJEDOURA!» e o resultado da selecção será divulgado (de acordo com o Ponto 5 do Regulamento) no prazo de duas semanas após a data limite para recepção dos trabalhos. Recordamos que este projecto colectivo é uma Antologia Sui Generis, organizada e coordenada por Isidro Sousa, responsável pela Colecção Sui Generis, e o livro será editado com a chancela Euedito.

Daremos notícias durante todo o processo de selecção.

Estaremos em permanente contacto com todos os autores participantes. Poderá acompanhar-nos através das redes sociais, das nossas páginas no Facebook, do blogue Edições Sui Generis e dos grupos «BENDITA MANJEDOURA!», «LETRAS SUI GENERIS» e «ISIDRO SOUSA E AUTORES».

Resta-me enviar-lhe um grande abraço.

E seja bem-vindo a este trabalho colectivo!

Isidro Sousa
BENDITA MANJEDOURA!








quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Além - Novo projeto, para os mesmos autores

Depois de "Antes Quebrar que Torcer", Ana Paula Barbosa, Carlos Arinto, Jorge Santos, Manuel Amaro Mendonça e Suzete Fraga, resolvem juntar novamente os seus trabalhos, numa despretensiosa antologia.

Além é um tema que permite, a cada autor, uma liberdade de pensamento e, como é hábito, as mais diversas variações e interpretações da palavra. Mas ficam aqui algumas palavras de Carlos Arinto, num excerto da introdução à obra:


"Sendo o tema muito abrangente, ou pelo menos, suficientemente abrangente para permitir todas as interpretações, cada um dos autores criou aquilo que lhe parece ser demonstrativo desse espaço imaginado: um espaço onde se pode ir sempre mais além.

O além, não está aqui, mas além. E onde é esse além? Onde o quisermos situar, mas como somos nós que estamos “aqui” temos de nos esforçar por colocar em palavras o que pode existir além.
(...)
As histórias apresentadas são reais, elas existem, e, mesmo depois de apagadas da rede informática que as suporta, depois de ignoradas pelos leitores ou destruídas pelas chamas das catástrofes…continuarão a existir. Se existem, são reais, mesmo que duvidemos da sua existência, enquanto acontecimentos a que um reduzido número de testemunhas dá autenticidade factual. Afinal, a ilusão e o sonho, bem como a invenção e a imaginação, depois de libertos, são imparáveis e voam mais além."

Brevemente, estará disponível no sítio da Amazon, em todo o mundo.