A chegada de Daqueles Além Marão

Publicado em 2017, deveria ter sido lançado por uma editora pela obtenção do primeiro lugar num concurso.

Capa de Terras de Xisto e Outras Histórias

Um livro de contos diversos onde circunstâncias dramáticas obrigam os personagens a contrariar a sua própria natureza.

Capa de Lágrimas no Rio

A pacata aldeia de São Cristóvão do Covelo sofre um terrivel cataclismo que vai revelar forças estranhas.

A Amazon apoia a publicação independente

Todos os meus livros são publicados pela Amazon de forma independente e não exploradora. Estão à venda em todo o mundo.

A família de livros "Debaixo dos Céus" continua a crescer desde 2015

Desde a publicação de "Terras de Xisto" em 2015 até "Entre o Preto e o Branco" em 2020, vão milhares e milhares de palavras escritas.

A capa de Daqueles Além Marão

Os contos aqui incluídos têm todos protagonistas transmontanos. A capa escolhida é feita a partir dos azulejos da estação ferroviária do Pinhão, na linha do Douro.

A chegada de Terras de Xisto e Outras Histórias

Foi emocionante a entrega destes livros, os primeiros publicados em exclusivo com o meu nome.

A chegada de Lágrimas no Rio

As primeiras apresentações que fiz foram desta obra.

A capa de Entre o Preto e o Branco

A primeira capa 100% desenhada por mim, com recurso a uma foto royalty free.

A chegada de Entre o Preto e o Branco

Como das vezes anteriores, quando chegou a primeira remessa já estava toda vendida.

quarta-feira, 10 de junho de 2020

ENTRE O PRETO E O BRANCO - pré-lançamento




Quase três anos depois de "Daqueles Além Marão", estava mais do que na altura de publicar um novo livro. Eis que chega a vez de uma nova antologia de contos a ser lançada no segundo semestre de 2020.
Este livro é uma compilação de contos escritos desde 2016, alguns deles inéditos e outros que vêm sendo publicados em blogues e/ou desafios literários.
Durante cerca de duzentas páginas, irei abordar diversos temas em dezasseis histórias, com personagens por vezes polémicos, mas acima de tudo, humanos. Nós somos as nossas escolhas, mas a vida e as pessoas que nos rodeiam, limitam o número de escolhas que nos estão acessíveis, o que acaba por nos tornar vítimas das circunstâncias.
Veja abaixo a lista dos contos incluídos e uma pequena abordagem a cada uma das histórias.

Uma Casa nas Ruas
Um sem abrigo é um criminoso? Um oportunista sem coração? Venha conhecer Francisco, um dos muitos habitantes das ruas, que fazemos por não ver e que fazem o que for preciso para ter o que necessitam.

A Última Afronta
Qual é o nível de maus tratos e afrontas que se pode estar disposto a suportar? Por vezes, abandonar um cônjuge problemático, pode não ser o suficiente; problemas antigos podem acompanhar-nos e serem muito maiores do que imaginamos. Suportamos mais facilmente a afronta que nos fazem, do que aquela feita àqueles que amamos.

Criminoso
Vagabundo e oportunista, sempre em busca da próxima vítima, mas um dia é da caça e outro o do caçador...

Inácio
O vício, seja ele qual for, é um sorvedouro de dinheiro e está apenas nas mãos do viciado corrigir-se. Tudo se torna mais difícil, se alguém lhe suporta o vício.

Luís e Isabel
Mesmo o amor incondicional tem os seus limites. Luís amava Isabel, mas mesmo ele, podia ter uma fase de saturação. 

Menina Bonita
Uma viagem por outros tempos, numa abordagem quase autobiográfica da infância.

Passagem de Ano
Será que temos a certeza de todas as nossas decisões? Estaremos realmente dispostos a suportar todas as consequências e fazer sofrer aqueles que amamos?

Prioridades
O trabalho ou um hobby, podem ser viciantes mas... estarás a dar atenção àqueles que precisam de ti?

Tudo por Amor
Será que o amor pode justificar todas as ações? Como uma moderna Jezabel, Ângela, de nome enganador, está disposta a tudo, para atingir os seus fins.

Manhã de Domingo
"Depois de ti mais nada" será que é mesmo assim?

Por Cada Dia de Amor
Um convalescente no hospital faz amizade com outro doente, que lhe conta a história de um escultor do século XIX. Uma história, contada dentro de outra. 

A Vida Que Eu Quiser
Será que viver nas ruas é uma infelicidade ou uma opção? A vida não é igual para todos e cada um escolhe o caminho entre aqueles que lhe estão disponíveis.

A Caminhada
O pequeno passeio ao fim do dia de um octogenário, pode afinal ser algo completamente diferente do que se imagina.

Solidão
A solidão da terceira idade, as suas realidades e as daqueles que com eles convivem. 

Um Dia Como os Outros
Para os seguranças e utentes daquele aeroporto, estava-se a começar o que parecia ser um dia como os outros, ambos estavam enganados.

A Última Habitante de Vale Santeiro
Noventa anos, sozinha numa aldeia deserta: a receita para a desertificação no interior do nosso envelhecido país. A emigração, as doenças e a idade, levaram todos os habitantes de Vale Santeiro, exceto um... sozinha entre as casas, que fará quando não conseguir cuidar de si própria?

Aqui está um pequeno aperitivo para este novo livro de contos que apresento aos vossos olhos. Espero que gostem.

Boas leituras, leia autores portugueses e não apenas os clássicos. Dê uma oportunidade aos menos conhecidos.