sexta-feira, 20 de agosto de 2010

A Caricia


Havia uma caricia naquele céu
mas eu não consegui alcança-la.
Remoinhos de pensamentos
confundiam-me e assustavam-me.
A sensação da tua presença tão próxima...
Havia uma caricia naquele sol
mas eu não consegui esboça-la.
Receios confusos perturbavam-me
e tolhiam-me de pôr a mão no teu rosto.
Numa caricia que se adivinhava,
Mas que não sabia se se esperava...
E o receio de te perder num gesto,
Tão forte e tão presente,
Ganhou a batalha sem precisar lutar.

1 comments:

M.L.M disse...

Poucos homens teriam a paciência do personagem do teu pequeno mas bonito conto .
gostei .





maria luisa .