quarta-feira, 22 de setembro de 2010

O último dia do verão


O último dia do verão...
O sol põe-se lentamente
Tingindo de vermelho fogo
As negras nuvens que dominam o céu.
Uma vez mais, lado a lado
Conversamos como bons amigos...
Que somos.
E eu mal te toco,
Temendo que te desvaneças,
Porque te toco
E temendo que te vás
Porque não te agarro.
E o ultimo dia do verão vai-se lentamente,
Criando em mim
Uma sensação de vazio e perda.
A terrível certeza que
"Amanhã será sempre tarde de demais"
E que eu estou destinado a não te ter.

1 comentários:

M.L.M disse...

Tu tens tudo o que queres e eu tenho orgulho em ti .
Obrigada por seres como és .


Maria Luísa